O ator Chris Evans, que interpretou o Capitão América no cinema, afirmou que não aceitaria interpretar Tom Brady em uma possível cinebiografia do jogador. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, justificou que alguém que apoia Donald Trump é algo muito incômodo.

GAY BLOG BR by SCRUFF

“Espero que ele [Tom Brady] talvez seja um desses caras que o apoiaram e agora se arrependem”, contou. O ator, inclusive, considera deixar de torcer pelo time (New England Patriots). Evans também é lembrado por ter se posicionado fortemente contra a perseguição gays na Tchetchênia.

Cris Evans
Foto: reprodução

GISELE TEM POSICIONAMENTO OPOSTO

Durante as eleições estadunidenses de 2015, o jogador do New England Patriots disse que “seria ótimo” caso Trump se tornasse presidente. Tom Brady e Donald Trump são amigos de longa data, mas parecem ter diminuído o contato por conta de Gisele Bündchen.

“Minha mulher não me deixa mais falar sobre política”, disse Brady em coletiva, em 2016. Embora evite dar uma declaração oficial, a übermodel apoia diversas causas que vão contra os interesses do governo Trump. Em 2017, por exemplo, ela expressou seu apoio a manifestações contra medidas do presidente na área ambiental.

Vingadores

Durante a entrevista ao jornal americano, o ator afirmou ainda que sua atuação como Capitão América se encerra com o próximo filme Vingadores: Ultimato, que estreia no Brasil em 26 de abril.

LEIA TAMBÉM: Enredo de pornô gay tem atores com boné da campanha de Trump fazendo gang bang

chris
Olá, Chris! <3

Com informações de The Hollywood Reporter, Metro e Exame

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.